Manuel Alegre - O nosso país está desarmado, a nossa última garantia é o Tribunal Constitucional
Início
Notícias
Editoriais
Entrevistas do MIC
Lugar da Cidadania
Opinião
Iniciativas/Parcerias
 
Galeria de Edições
Quem Somos
Coordenação
Núcleos
Como Participar
 
Apoiantes
Links
Downloads
 
Contactos
NEWSLETTER
 


-
Soares. Juntar a esquerda na Aula Magna em defesa da Constituição
Soares chama a esquerda para resistir ao ataque ao Estado social
[Ana Sá Lopes, ionline.pt, 09-11-2013] | 0 comentários
O ex-Presidente da República volta a chamar a esquerda à Aula Magna. Será no dia 21 de Novembro e o mote é a defesa da Constituição, da democracia e do Estado social. Numa altura em que o Tribunal Constitucional está sob pressão - inclusivamente do presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso - para se render ao Orçamento do Estado de 2014, e a própria Constituição é questionada diariamente, Soares decidiu juntar os partidos e personalidades de esquerda para uma sessão em defesa da lei fundamental.

"Quando não se respeita a Constituição, está a caminhar--se para uma nova ditadura", afirma o ex-Presidente da República ao i, lembrando que o actual Presidente também jurou defender esta Constituição e "também sabe perfeitamente isso". O objectivo da iniciativa de Mário Soares é "defender a Constituição tal como ela é".

Desta vez, ao contrário do que aconteceu quando Soares reuniu pela primeira vez a esquerda na Aula Magna, em Lisboa, não serão representantes dos partidos a discursar, mas outras personalidades. Contudo, o ex-Presidente da República já deu a conhecer a António José Seguro a sua iniciativa, assim como às direcções do PCP e do BE.

A primeira vez que Soares juntou a esquerda foi no passado 30 de Maio, sob o lema "libertar Portugal da austeridade" e encheu a Aula Magna da Universidade de Lisboa. Pacheco Pereira era um dos promotores - não esteve presente, mas enviou uma mensagem. Um dos momentos altos da noite, para lá da intervenção inicial de Mário Soares, foi o discurso de Sampaio da Nóvoa, visto como potencial candidato da esquerda a Belém. Entretanto, Soares parte para Paris na terça-feira, onde será homenageado pelo presidente da câmara da capital francesa.

 

 
Comentário ao texto
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório


Imagem de segurança


Os comentários são sujeitos a validação. Serão excluídos todos os conteúdos racistas, xenófobos, difamatórios e atentatórios da boa imagem dos visados.

info@micportugal.org